Ações

Pedra da Ressurreição

De Dicionário Madame Pince

Pedra da Ressurreição

Arquivo:Pedra da ressureição.jpg

A primeira vista uma simples pedra. Era isso que muitos viam, deixando escapar um objeto único: a pedra que inverte a ordem natural da vida (ou morte). Baseado nisso, o conto dos Três Irmãos nos relata que Cadmo Peverell escolheu humilhar a Morte, pedindo algo que restituisse as pessoas que Ela levara.

A Pedra da Ressurreição possui o efeito mais extraordinário dentre todas as Relíquias da Morte. Trás do véu da morte quem mais gostamos. Faz o impossível virar real.

Para usá-la, a pessoa gira a pedra três vezes na mão, pensando em quem deseja reviver. O morto aparecerá então em uma forma semi-corpórea, apenas visível ao possuidor da pedra, ou seja, ecos de almas que não estão vivas nem mortas. Aquele que foi "revivido" pode agir com os humanos, mas não é considerado vivo. O efeito se encerra no momento que o possuidor abandona a pedra.


Origem

A verdade sobre a origem da pedra é desconhecida. Muitos acreditam piamente na história de Beedle, porém outros insistem que os objetos, incluindo a pedra, foram brilhantes criações dos irmãos Peverell. Na história do encontro com a Morte, Cadmo Peverell desejou algo que trouxesse pessoas de volta à vida. Então, a Morte coletou uma pedra da margem de um rio e lhe integrou.


História passada

Não existem dados conclusivos do destino da pedra pós Cadmo Peverell. Porém é muito provável que ela tenha se mantido entre as famílias bruxas de sangue-puro. Talvez ela tenha perdido sua importância e valor com o passar do tempo.

Cadmo Peverell = (?) Família Gaunt


História atual - séc. XX

Depois de um longo tempo passando de geração em geração a pedra parou entre os descendentes da família Gaunt, onde o seu último dono, Servolo Gaunt, a mantinha fixa em um anel. Servolo guardava este anel secular com muito orgulho e o exibia como mostra de sua linhagem nobre. Ele acreditava que o símbolo cravado na pedra justificava sua ascendência com os Peverell, o que é verídico, visto que o túmulo de Ignoto Peverell possui esta marca.

Depois de Voldemort matar seu pai, ele transformou o anel de Servolo em uma Horcrux. A nova Horcrux foi bem guardada nas ruínas da Casa dos Gaunt.

Alvo Dumbledore não escondia o desejo de possuir mais esta relíquia, porém optou por procurar a Horcrux e destruí-la, antes de poder cumprir sua vontade de rever mãe e irmã. Ele usou o anel e foi atentado por uma maldição terrível. Com a ajuda da espada de Godric Gryffindor ele partiu o anel ao meio, porém o dano da maldição já estava visível - ela inutilizou sua mão e quase o matou. Assim ele planejou sua própria morte, que acabou ocorrendo mais tarde no alto da Torre de Astronomia.

Cadmo Peverell = (?) Família Gaunt = Servolo Gaunt = Voldemort = Dumbledore = (?)


História recente

Antes de falecer, Dumbledore retirou a pedra mantida dentro do anel e a transferiu para um pomo de ouro. Não foi um pomo de qualquer, mas sim aquele que Harry Potter capturou em sua primeira partida de quadribol.

Este pomo foi legado a Harry no testamento de Dumbledore, para que ele encontrasse o momento certo para usá-lo. Na superfície do pomo estavam gravadas três palavras:

"Abro no fecho."

De início a frase causou um clima enigmático, porém mais tarde o seu real sentido surgiu.

Harry estava caminhando até a Floresta Proibida para entregar sua vida a Voldemort, quando aproximou o pomo em seus lábios e disse: "Estou prestes a morrer." Ele fechou os olhos e virou a pedra três vezes, e as conhecidas sombras dos seus pais, Sirius Black, e Lupin apareceram. Estes segundos foram muito importantes para dar mais coragem e determinação a Harry. E ele cumpriu com o seu destino.

Harry concluiu que deixou cair a pedra na floresta, mas que mesmo assim não voltaria para procurá-la. Ela acabou soterrada pelos cascos dos Centauros que chegaram da floresta para a Batalha Final.
E o encanto de mais uma relíquia se quebrava. Por toda a eternidade.

Cadmo Peverell = (?) Família Gaunt = Servolo Gaunt = Voldemort = Dumbledore = Harry Potter = .


Mais informações

Segundo J.K. Rowling, apenas usar o anel (no caso o anel de Slytherin) não faria com que a pedra funcionasse. A Pedra existia originalmente fora do anel, e para usá-la você teria que girá-la três vezes em sua mão.

Segundo comentários de Dumbledore, em Os Contos de Beedle, o Bardo: Muitos críticos acreditam que Beedle se inspirou na Pedra Filosofal, elemento essencial do Elixir da Vida que induz a imortalidade, quando criou essa pedra capaz de ressuscitar os mortos.


Em inglês: Resurrection Stone


Livros: RdM (p. 318, 320, 542), CdB







ESPECIAIS
<a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Categoria:Arte">Fan Arts</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/QG_Esfinge">Quizzes</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Portal:Vira-Tempo">Linhas do Tempo</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Categoria:Penseira">Biografias</a> | <a href="http://wiki.potterish.com/index.php/Portal:Sonorus">Citações</a>



Para correções, sugestões, críticas e elogios, entre em contato! Clique <a href="http://arquivo.potterish.com/?p=con">aqui</a>.