Diário de Tom Riddle

Arquivo:Diário de Tom Riddle.jpg


Importância: Provava que Voldemort era o herdeiro de Slytherin, certamente ele considerava isto de extraordinária importância.
Adquirido: Comprado em uma papelaria localizada na rua Vauxhall.
Localidade: Ficou em posse de Tom Riddle, passando mais tarde pelos cuidados de Lúcio Malfoy e pelas mãos de Gina Weasley.
Vítima: Murta Que Geme.
Horcrux destruída por: Harry com o veneno do dente de Basilisco.


De início apenas um mero diário trouxa, mas de grande valor para Tom Servolo Riddle. Ele fez do diário uma Horcrux durante seus anos de escola. Depois de sua morte, a posse do diário foi dada à Lúcio Malfoy que mais tarde o plantou secretamente em Gina, durante seu primeiro ano em Hogwarts.

Harry e Rony encontraram o diário no banheiro feminino do segundo andar, onde vive a Murta Que Geme. O diário estava em branco, ou pelo menos com sua escrita omitida, invisível ou bloqueada. Hermione logo pensou que ele possui-se poderes secretos. A garota tentou duas vezes (uma com o feitiço Aparecium e outra com um revelador) descobrir o conteúdo do diário, mas todas foram em vão.

O diário foi destruído por Harry Potter dentro da Câmara Secreta. Os restos do objeto se encontram novamente com Lúcio.


Em inglês: Diary of Tom Riddle


Livro: CS (pp. 196, 197, 198, 199)






ESPECIAIS
Fan Arts | Quizzes | Linhas do Tempo | Biografias | Citações

Para correções, sugestões, críticas e elogios, entre em contato! Clique aqui.