Ações

Lupin, Remo João

De Dicionário Madame Pince

(Redirecionado de Aluado)

Remo João Lupin

(1960 - 1998)

Grifinória 1971-1978, Monitor 1975-1978, Professor DCAT 1993/1994

Link:http://galeria.potterish.com/thumbnails.php?album=1813

Remo João Lupin foi um poderoso bruxo e membro da primeira e segunda Ordem da Fênix. Ele deu aulas em Hogwarts por um bom tempo, como professor de Defesa Contra as Artes das Trevas no ano letivo de 1993-1994. Demitiu-se no fim do ano, quando Severo Snape revelou abertamente que ele era um lobisomem.

Durante seus anos letivos, Lupin foi um dos Marotos; ele era amigo de Tiago Potter, Sirius Black e Pedro Pettigrew. Juntos eles criaram o Mapa do Maroto.

Hogwarts

Quando garoto, Remo foi mordido pelo lobisomem Fenrir “Lobo” Greyback, depois que seu pai o insultou, sendo assim contaminado. Embora ele e os pais estivessem incertos sobre permiti-lo freqüentar a escola, o diretor Dumbledore o encorajou. Remo freqüentou Hogwarts de 1971 até 1978 e foi da Casa Grifinória.

Para garantir sua segurança, assim como a de seus colegas, uma casa de madeira foi construída fora de Hogsmeade. Essa casa não tinha entradas comuns; havia apenas uma passagem secreta embaixo do Salgueiro Lutador, nos terrenos de Hogwarts, que acabava lá. Remo era levado ao lugar uma vez por mês para suas transformações, a fim de preveni-lo de atacar outros alunos. Essa isolação fazia com que ele se atacasse para se livrar da frustração, e assim os moradores de Hogsmeade entenderam seus gritos como se fossem fantasmas violentos. Por causa disso, o lugar foi apelidado como Casa dos Gritos e ganhou a reputação de casa mais mal-assombrada da Grã-Bretanha. Dumbledore encorajou o boato para manter as pessoas longe de investigar os barulhos.

Remo manteve o fato de ele ser um lobisomem em segredo, mas seus amigos Tiago Potter, Sirius Black e Pedro Pettigrew descobriram a verdade no segundo ano. Por causa da amizade forte entre eles, no quinto ano conseguiram se tornar Animagos, para que pudessem fazer companhia a Remo durantes suas transformações, já que como lobisomem ele é apenas perigoso aos humanos. Por isso, seus amigos o apelidaram de “Aluado”.

Porém, os sumiços freqüentes de Remo despertaram uma curiosidade doentia em Severo Snape, um aluno da Sonserina do mesmo ano, que compartilhava uma inimizade com Tiago e Sirius. No sexto ano, Sirius planejou uma brincadeira maliciosa com Snape, contando a ele sobre o corredor do Salgueiro Lutador, na esperança de que ficasse apavorado com o que encontraria no final. Tiago parou Snape e salvou sua vida, mas ele havia descoberto o segredo de Remo. Dumbledore o fez jurar segredo, mas Snape o importunou cruelmente a partir daí.

Remo também foi monitor, embora ele tivesse problemas em exercer a disciplina em seus amigos. Sirius disse uma vez que ele não ajudou a importunar Snape, mas que ele se arrepende de não ter interferido.

Primeira Guerra Bruxa

Logo depois de se formar em Hogwarts, Remo se juntou à Ordem da Fênix, junto com Tiago, Sirius, Pedro e Lílian Evans, lutando contra Voldemort e os Comensais da Morte. Remo não teve sucesso ao tentar encontrar um emprego por ser lobisomem, e Tiago o ajudou usando seu dinheiro.

No auge da guerra, Sirius chegou a desconfiar dele, suspeitando de que poderia ser um espião de Voldemort. Assim, quando foi feita uma profecia sobre uma criança que teria o poder de derrotar o Lorde das Trevas e Dumbledore identificou Harry Potter como o possível alvo, Remo não foi incluído no plano de manter os Potters a salvo, embora ele soubesse que haviam usado o Feitiço Fidelius. Tiago e Lílian Potter queriam que Sirius fosse fiel do segredo, mas ele pensou que seria muito óbvio, então sugeriu Pedro Pettigrew em seu lugar. Nem Dumbledore nem Remo sabiam da troca.

Em outubro de 1981, Pettigrew traiu os Potters para Voldemort, que os atacou em sua própria casa em Godric's Hollow. Tiago e Lílian foram mortos, mas o amor e o sacrifício da mãe de Harry o protegeu da Maldição da Morte, e Voldemort foi derrotado. Sirius, ao descobrir a traição de Pettigrew, o perseguiu, mas ele escapou forjando sua própria morte e matando doze trouxas. Sirius foi aprisionado em Azkaban por esses crimes, sem julgamento.

Professor de Defesa Contra as Artes das Trevas

Poucos no mundo mágico toleravam a companhia de um lobisomem, e quase todos sofriam preconceitos. Remo ficou muitas vezes sem emprego e com pouco dinheiro. Mesmo Rony Weasley, que havia previamente considerado Remo um excelente professor, gritou “Fique longe de mim, lobisomem!” ao descobrir a condição de Remo. Nessa época, o Ministério da Magia até aprovou uma legislação anti-lobisomem, o que fez com que fosse praticamente impossível e quase ilegal para um lobisomem ter um trabalho.

Em 1993, foi oferecido a ele o cargo de professor de Defesa Contra as Artes das Trevas em Hogwarts, substituindo o permanente amnésico Gilderoy Lockhart. Lupin ensinou às classes um currículo abrangente de como identificar e evitar criaturas perigosas como hinkypunks e barretes vermelhos. Ele também os ensinou sobre o bicho-papão, e foi durante essa aula que Harry percebeu que "seu maior medo era o medo em si", quando seu bicho-papão se transformou em um dementador. Depois disso, ele deu a Harry aulas particulares de como produzir um Patrono para manter dementadores afastados. Conseqüentemente, sendo um lobisomem, o bicho-papão de Lupin tomava a forma de uma lua cheia. Os alunos que viram essa forma entenderam como uma bola de cristal, exceto por Hermione Granger, que deduziu que Remo era um lobisomem, mas manteve essa descoberta em segredo.

Durante seu tempo como professor, Severo Snape, que mudou de lado no final da primeira guerra bruxa e tornou-se professor de Poções, fornecia à Remo a Poção do Acônito, permitindo que ele conservasse sua mente humana durante as transformações.

Os alunos da Sonserina, encorajados por Draco Malfoy, zoavam de suas roupas surradas e sua aparência pobre. Remo era indiferente e seus outros alunos o defendiam com muita consideração e gostavam de suas aulas. Ele foi considerado por Harry e seus amigos o professor de Defesa mais decente que tiveram.

Para o teste final da turma do terceiro ano, em junho, ele preparou um exame incomum – uma corrida de obstáculos nos terrenos da escola, no qual os alunos tinham que passar remando por um lago contendo um grindylow, atravessar várias crateras cheias de barretes vermelhos, depois atravessar um pântano enquanto eram levados em direções erradas por um hinkypunk, e por fim subir em um tronco e enfrentar um novo bicho-papão.

Reunião de Amigos

O verão antes de Remo começar seu emprego como professor de Defesa, Sirius Black fugiu de Azkaban. Remo, como o resto do mundo bruxo, acreditou que Sirius traiu os Potters para Voldemort e assassinou Pettigrew.

Porém, no final do ano letivo, Lupin soube da verdade sobre o que tinha acontecido e que Pettigrew ainda estava vivo e se escondendo na sua forma de Animago – Perebas, o rato de estimação de Rony Weasley. Remo e Sirius se encontraram e os dois resolveram matar Pettigrew pela traição e por incriminar Sirius. Eles foram parados por Harry Potter, que acreditava que seria melhor deixar Pettigrew com o Ministério da Magia e provar a inocência de Sirius.

Porém, a noite era de lua cheia, e Remo se transformou em lobisomem. Sirius foi forçado a ficar na forma de seu Animago, um cachorro, para proteger Harry, Hermione e Rony, e com a confusão Pettigrew escapou.

Depois do perigo que passaram, Remo se demitiu, pois os pais dos alunos souberam que um lobisomem ensinava seus filhos.

Segunda Guerra Bruxa

Quando Lorde Voldemort retornou, Remo se juntou à segunda Ordem da Fênix. Ele participou da Batalha do Departamento de Mistérios em 1996, e foi um dos únicos combatentes a não ser ferido. Durante essa batalha, ele foi arrasado pela morte de seu amigo Sirius Black, que foi empurrado pelo feitiço de Belatriz Lestrange e assim atravessou o véu na Sala da Morte. Lupin apenas impediu Harry de ir atrás de Sirius.

Mais tarde naquele ano, ele começou a trabalhar como espião da Ordem, vivendo entre lobisomens e tentando convencê-los a se juntarem a Dumbledore.

Remo estava presente na batalha em Little Whinging, voando com Jorge Weasley, quando este foi atingido pelo feitiço Sectumsempra de Snape.

Ele sofreu uma grande angústia durante a segunda guerra quando descobriu que sua mulher, Ninfadora Tonks, estava grávida. Ele estava ansioso ante a possibilidade da criança nascer com licantropia. Ofereceu-se para ajudar Harry, Rony e Hermione na busca das Horcruxes de Voldemort, mas Harry o fez ir embora, chamando-o de covarde por sequer ter pensado em deixar sua esposa sozinha e grávida. Remo os deixou em estado de grande agitação.

Mais tarde, Harry e seus amigos o ouviram no Observatório Potter, usando o codinome Rômulo.

Remo recuperou seu senso e voltou com Tonks em tempo de ver seu filho nascer. Colocaram o nome de Ted, o mesmo do pai de Tonks, que foi morto pelos seqüestradores depois de se recusar a se entregar para a Comissão de Registro dos Nascidos Trouxas. Parecendo perdoar e esquecer o desentendimento no Grimmauld Place, Lupin pediu a Harry que fosse o padrinho de Ted.

Remo foi assassinado durante a Batalha de Hogwarts pelo comensal Antônio Dolohov. A natureza de sua morte não foi revelada, mas seu corpo aparentava paz, o que implica que ele foi afetado por uma Maldição da Morte ou por um próprio feitiço de Dolohov; ambos conhecidos por não deixar marcas no corpo. Sua esposa, Ninfadora Tonks, foi assassinada por sua própria tia, Belatriz Lestrange, durante a mesma batalha.

Quando Harry estava indo em direção aos Comensais da Morte para enfrentar Voldemort na Floresta, ele ativou a Pedra da Ressurreição, trazendo de volta a alma de seus pais, Sirius e Remo - este lamentou o fato de que nunca iria realmente conhecer seu filho.


Relacionamentos

Família

Remo e Ninfadora Tonks se conheceram na Ordem da Fênix, e em algum momento, Tonks se apaixonou. Inicialmente ele rejeitou a idéia de uma relação, alegando que era muito velho, muito pobre e muito perigoso para ela, mesmo que seus sentimentos fossem recíprocos. Depois de muitas tentativas para convencê-lo, Tonks ficou deprimida – como conseqüência, suas habilidades metamorfomagas sofreram um abalo e seu patrono mudou. Tonks declarou seus sentimentos abertamente depois que Gui Weasley foi atacado por Fenrir “Lobo” Greyback e Fleur Delacour expressou seu amor por ele. No início Remo protestou que o caso era diferente, que Gui não se transformaria em lobisomem, mas no fim eles começaram um relacionamento.

Lupin se casou com Tonks no verão de 1997 e tiveram um filho em abril de 1998, Ted Lupin, com o mesmo nome do pai de Tonks, e nomearam Harry como seu padrinho. Porém, Lupin e Tonks morreram na Batalha de Hogwarts em maio de 1998, deixando o filho aos cuidados da avó, Andrômeda Tonks - um incidente similar ao da morte de Tiago e Lílian Potter, quase dezessete anos antes. Ted, ou Teddy, como era chamado, também passou grande parte do seu tempo com as famílias Potter e Weasley, crescendo em convivência.



Pessoal

Nome completo: Remo João Lupin
Significado do nome:

  • O nome "Remo" vem dos irmãos Rômulo e Remo, os lendários fundadores de Roma, que foram criados por lobos. Por causa disso, alguns fãs especularam sobre Remo ter um irmão, mas Rômulo é apenas um codinome usado por Lupin no Observatório Potter;
  • "Lupin" é derivado de "lupus", latim para "lobo". Assim, Lupin significa "aparência de lobo" em latim, e também é o nome de uma flor;
  • Também foi especulado que seu nome vem de duas cenas de Monty Python's Flying Circus: uma envolvendo "Professor R.J. Gumby", e outra envolvendo "Dennis Moore, o Ladrão Lupin".

Também conhecido como: "Rômulo" (no Observatório Potter), "Louco Lobo Lupin" (por Pirraça)
Nascimento: 10 de março de 1960
Morte: 2 de maio de 1998, por Dolohov
Casamento: 1997
Cor dos olhos: castanhos
Cor do cabelo: castanho claro e prematuramente grisalho
Descrição: cabelos castanhos claros, que estavam ficando grisalhos, e o rosto pálido com linhas prematuras.
Características psicológicas: era inteligente, calmo, tolerante, gentil e bondoso. Apesar de ter sofrido muito preconceito na sua vida por causa da licantropia, ele tinha a habilidade de ver o bem em quase todos e sabia perdoar. Também tinha um excelente senso de humor, e quando era estudante foi um dos Marotos. Ele poderia ser descrito como o mais maduro do grupo, porque, diferente de seus amigos, nunca gostou de fazer brincadeiras maldosas, e até chegou a tornar-se monitor em seu quinto ano.
Há evidências que sugerem que Remo era um bruxo mais poderoso do que demonstrava. No Expresso de Hogwarts, em 1993, ele criou fogo sem usar uma varinha (magia sem varinha é difícil de realizar) e manteve em sua mão desprotegida. Durante a batalha do Departamento de Mistérios, ele era o único combatente, além de Dumbledore, que não estava ferido, morto ou inconsciente.
Marcas características: aparência frágil, doentia e cansada por causa do efeito da licantropia.
Roupas e acessórios: vestes velhas, muito gastas e já remendadas.
Comidas favoritas: preferia chás, cerveja amanteigada, vinho e chocolate.
Citado em: Profeta Diário de 1994, num artigo de Rita Skeeter


Família, Amigos e Inimigos

Sangue: mestiço
Pai: ofendeu Fenrir Greyback, 1968, que mordeu Remo por vingança
Esposa: Ninfadora Tonks Lupin
Filho: Ted "Teddy" Remo Lupin
Melhores amigos: Tiago Potter, Sirius Black, Pedro Pettigrew (até 1994) e Lílian Evans
Inimigos: Fenrir Greyback, Pedro Pettigrew, Severo Snape (rixa de infância) e Comensais da Morte
Moradia: residência fixa desconhecida, morou no Largo Grimmauld, 12 em 1995 e 1996


Objetos, Poderes e etc.

Maior medo (Bicho-Papão): Lua Cheia
testrálios? Sim


Histórico Escolar em Hogwarts

Casa: Grifinória
Matrícula: ano letivo de 1971/1972
Formatura: ano letivo de 1977/1978
Cargos: Monitor (1975-1978); professor de Defesa Contra as Artes das Trevas (1993/1994)
Curiosidades: por causa de suas transformações, os amigos se tornaram animagos ilegais para acompanhá-lo todos os meses à Casa dos Gritos; foi um dos co-fundadores do Mapa do Maroto


Carreira

Emprego antigo: professor de Defesa Contra as Artes das Trevas em Hogwarts.
Associações e afiliações: Marotos, Ordem da Fênix


Em inglês: Remus John Lupin


Livros: PdA (p. 284, 285), CdF, OdF, EdP, RdM







ESPECIAIS
<a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Categoria:Arte">Fan Arts</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/QG_Esfinge">Quizzes</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Portal:Vira-Tempo">Linhas do Tempo</a> | <a href="http://www.potterish.com/wiki/index.php/Categoria:Penseira">Biografias</a> | <a href="http://wiki.potterish.com/index.php/Portal:Sonorus">Citações</a>



Para correções, sugestões, críticas e elogios, entre em contato! Clique <a href="http://arquivo.potterish.com/?p=con">aqui</a>.